Globo Repórter sobre a Dinamarca é um exemplo para outros países.




Entrevista com princesa Marie da Dinamarca, Condessa de Monpezat.

Por Calil Neto

18 de novembro de 2017.

Nesta sexta-feira (17 de novembro) foi exibido no Globo Repórter um especial sobre a Dinamarca com reportagens do veterano jornalista Edney Silvestre. Com certeza não foi por acaso a escolha desse tema para o programa jornalístico dessa semana.

Dinamarca na Europa é considerado o país da felicidade e ao mesmo tempo da simplicidade. Lá eles evitam o desperdício de alimento e tem uma segurança invejável e o estímulo em Copenhagen, capital e maior cidade da nação, do uso de bicicletas por causa da crise do petróleo que o planeta passou com regras de trânsitos para os usuários de bicicletas para evitar o trânsito e o aglomeramento de carros. O lixo é reciclado ou usado para a produção de energia. Um senhor por exemplo que Edney Silvestre entrevistou afirma que trabalha 6 horas às segundas-feiras e 4 horas nos outros dias como lixeiro e ganha 10.000 reais por mês e é muito feliz, em uma nação com bem estar social e a educação de primeira, com o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) um dos maiores do mundo. Lá temos um jardim da infância na floresta que é muito procurado para socializar os pequenos, em um país que valoriza o aprendizado das crianças. 



Dinamarca é o país que mais consome orgânicos no mundo, e a capital Copenhagen é um das melhores cidades para se viver no mundo, em um país com índices de violência menores do planeta. A corrupção quase não existe na Dinamarca e a população confia no Estado e políticos.

Um país com mais de 70 castelos e uma cultura que é disseminada por todo o planeta.  

A Dinamarca, como alguns outros países europeus, com uma mentalidade diferente, que serve de exemplo para outros países, entre eles o Brasil. Não adianta apenas ser o país do futebol.

Imagens: Rede Globo. 

Comentários