terça-feira, 18 de julho de 2017

Gui Santana fala da experiência de interpretar o Zaca do reboot de Os Trapalhões.




Imagem: Gui Santana como Zaca no novo Trapalhões


Por Calil Neto

Conversei com o talentoso e competente ator e comediante Gui Santana, o Zaca, do reboot de Os Trapalhões que está sendo exibido no canal Viva e depois vai ser exibido na Globo. Gui já teve passagem pela MTV Brasil na época da Editora Abril e pelo Pânico na Band e Jovem Pan FM.

Calil Neto: Como foi fazer o Zaca no reboot de Os Trapalhões?
Gui Santana: Foi uma experiência incrível. Um momento ímpar não só na carreira, como na vida.
Tem sido uma honra fazer parte dessa trupe dos Trapalhões 2017. 

Calil Neto: Foi difícil interpretar o personagem? Até a voz está parecidíssima. 
Gui Santana: Nada é fácil. Tudo é um desafio em nossas vidas. Embora já tenha feito algumas imitações do personagem Zacarias em outros programas, interpretar o Zaca sem dúvida é algo novo pra mim. A casa é nova, a história é outra e meus colegas de cena são outros. Estou muito feliz com a repercussão e com o resultado do produto. O Zaca tem um quê de criança ingênua. Em sua composição vale a pena destacar seus trejeitos, expressões faciais e corporais. É repleto de características peculiares como a velha e inconfundível risadinha "uhuhuhuhuhu". Inesquecível 

Calil Neto:O Zaca e os outros são filhos dos antigos Trapalhões?
Gui Santana: Não são filhos dos antigos Trapalhões. Apenas personagens criados em cima dos antigos integrantes. Para este remake, os novos Trapalhões passam por "testes de como ser um novo trapalhão". Tudo isso ao comando de Didi e Dedé. Os Trapalhões 2017 tem como principal objetivo homenagear os quarenta anos da atração na Rede Globo. Vem com novos esquetes e releituras de grandes cenas clássicas pra matar a saudade deste quarteto liderado por Renato Aragão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário