sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Celebrity Biografias – Edição 3 – Wellington Muniz.






Por Calil Neto

O humorista Wellington Muniz, o Ceará, é um dos grandes nomes do humor de nossa televisão brasileira, por enquanto está mais se destacando na tevê por assinatura (no Multishow). Wellington Muniz se destacar na televisão aberta é apenas questão de tempo!

Nesta terceira edição do Celebrity Biografias, a primeira do ano de 2017, vou comentar a respeito desse irreverente profissional do humor.

No fim dos anos 1980, Ceará começou sua carreira em rádios de Fortaleza, sua cidade de origem. Lá trabalhou na Rádio Pitaguary AM, Rádio Cidade FM e Rádio Verdes Mares. Em 1997, ele recebeu um convite para trabalhar na Rádio Jovem Pan, em São Paulo. Além de integrar o elenco do Pânico na Rádio Jovem Pan, Ceará comandou um programa próprio, o Paulo Jalaska, que era engraçadérrimo. Eu mesmo Calil Neto, tive a oportunidade de conferir de perto no estúdio da Jovem Pan FM, um de seus programas Paulo Jalaska ao vivo ao lado do cara, e o cara é um verdadeiro showman, versátil e um rei do improviso. Um ótimo radialista também e operador de mesa. 

Wellington Muniz com Mirella e a filha. Imagem: Instagram


Wellington Muniz foi um dos grandes nomes do Pânico na TV, na época da Rede TV!, depois Pânico na Band, a partir de 2012, na TV Bandeirantes, que é um programa de humor, mas especializado principalmente em humor negro. Ceará conquistou o público com imitações de Silvio Santos, Clodovil, Dercy Gonçalves, Marília Gabiherpes, Pelé, Regina Ralé, Maria Bethânia, Vera Verão, Professor Raimundo, Hebe Camargo entre outros. Na época de Pânico na TV e Pânico na Band dividia em boa parte dos quadros de entrevistas, as entrevistas de rua com o repórter Vesgo (Rodrigo Scarpa). Os dois ficaram bem entrosados e ficaram anos juntos (tanto na Rede TV! quanto na Band) nas entrevistas.    



Na TV, Ceará estreou como apresentador do programa de auditório A Grande Farsa, exibido pelo Multishow em 2015. Na atração, ele alternava momentos em que aparecia de cara limpa com situações em que interpretava seus personagens mais famosos, como Gabi Herpes, Silvio Santos, Regina Ralé, e personagens autorais, como o fashionista Jorgivenchy.

O sucesso na telinha rendeu convites para a telona, sendo que o humorista dublou duas animações A Terra Animada de Gaya e Asterix e Os Vikings. Em 2014, Ceará se despediu da trupe do Pânico da Band para seguir carreira solo. Contratado pelo Multishow, ele estreou, em 2016, Ceará Fora da Casinha, programa de humor com entrevistas, que mistura esquetes com reportagens externas em que interpreta seus personagens mais conhecidos e reverenciados. 




O humorista Marcos Aguena, ex-produtor do programa Paulo Jalaska da Jovem Pan, que teve a oportunidade de estar junto com Wellington Muniz em uma entrevista em 1998 no talk-show Jô Onze e Meia de Jô Soares na época do SBT, e trabalhou com Wellington Muniz na Rádio Jovem Pan e hoje é dos grandes humoristas de Stand Up Comedy do Brasil. faz as considerações ao Blog do Calil Neto: A minha relação com Wellington Muniz na Jovem Pan FM (também trabalharam juntos na Rede TV!) foi boa. Éramos irmãos. Gente Boníssima!

Um dos grandes personagens de Ceará: Sílvio Santos. Mah oi!



Wellington Muniz é casado com Mirella Santos desde junho de 2012, e tem a filha Valentina nascida em 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário