segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

O que eu achei da biografia autorizada de Amaury Júnior?





 
Por Calil Neto

Quando soube que estava sendo escrita a biografia de Amaury Júnior eu fiquei maravilhado: a biografia do maior colunista social do Brasil e criador do colunismo social eletrônico está sendo escrita. Quando eu tive a oportunidade de conhecê-lo ele foi muito gentil e me apresentou a sua esposa Celina. Perguntei para ele na ocasião se eu poderia lhe dar um beijo no rosto. Ele respondeu: Claro!.

Então vamos ao livro: A biografia A vida é uma festa é escrita pelo jornalista da revista Veja, Bruno Méier, primeiro livro da carreira do jornalista. Nele se aborda como surgiu a idéia de escrever o livro, as estripulias de juventude de Amaury, fala da mãe e do pai já falecido do apresentador, o professor de português, o senhor Amaury pai (Amaury de Assis Ferreira) e a mãe Dona Clélia. Fala do colunismo social que o apresentador exerceu na cidade de São José do Rio Preto, interior de São Paulo (entre eles no Diário da Região).

Amaury nasceu em Catanduva, e logo em seguida veio morar na cidade de São José do Rio Preto.  O pai de Amaury influenciou muito seu filho Amaury na leitura e por isso o apresentador tem esse dom de se comunicar, principalmente na televisão. O livro fala dos mimos e presentes que o apresentador ganha por causa de seu trabalho e de sua relação com as loiras famosas como a declaração de Amaury se ele namorou ou não a apresentadora Ana Maria Braga, que foi sua assistente de palco em seu programa de televisão em Rio Preto. Fala de seu carinho por Hebe Camargo e o sonho da apresentadora e rainha do selinho de trabalhar na Rede Globo. A biografia também traz trechos de entrevistas realizadas ao longo da carreira de Amaury e depoimentos de amigos em relação ao comunicador. Um livro que aborda alguns dos furos de sua carreira como também momentos hilários e inusitados com fotos de ocasiões importantes e marcantes da vida profissional do apresentador. 



Um ótimo livro para quem curte e é apaixonado por televisão e história da comunicação brasileira e quer saber mais sobre ela e os seus bastidores.

Recomendadíssimo!


Nenhum comentário:

Postar um comentário