O que será que será?



Por Calil Neto

- Até onde existe limite no humor? Podemos falar o que quisermos diante do microfone na TV ou no rádio? É claro que não.

- A estória é a seguinte: o humorista Rafinha Bastos não esteve na bancada do "CQC", da TV Bandeirantes, na noite da última segunda-feira (3 de outubro) e parece que não estará nem nas próximas semanas.

- Sabe o porquê querido leitor desse esmero blog?

- A emissora dos Saads decidiu tirá-lo no ar após a repercussão negativa de piadas feitas recentemente e consideradas de mau gosto, entre elas sobre a gravidez da cantora Wanessa Camargo. "Eu comeria ela e o bebê", afirmou Rafinha durante o programa humorístico.

- Quem substituiu Rafinha Bastos no CQC no dia 03, foi nada mais, nada menos que a belíssima Monica Iozzi que cutucou o apresentador Rafinha e explicou sua ausência brincando que ele teve uma "cãimbra na língua".

- O humorista, também comediante de Stand UP Comedy, foi criticado não só nas redes sociais e pela imprensa, mas também por seus colegas de CQC, que opinaram ser necessário um pedido de desculpas ao público e aos ofendidos das piadas.

- Concordo plenamente com a galera da internet e os colegas de Rafinha do CQC... Humor tem limites e deve punir os responsáveis pelo mau humor na TV e nas mídias em geral.

- Basta de mau humor no cenário midiático brasileiro!!! Mau humor ofende pessoas desnecessariamente... Mesmo seres humanos consideradas celebridades!!!!

Rafinha Bastos será demitido do CQC? Opine tchurma!!!!

Comentários